.
O Racionalismo Cristão, por ser uma filosofia espiritualista, divulga princípios universais para que sejam estudados e, após a necessária reflexão, colocados em prática, tornando os seres humanos espiritualmente independentes.
______________________________________________________________________________________

DEDICATÓRIA



Este livro é dedicado ao Presidente do Racionalismo Cristão, Gilberto Silva, lutando incansavelmente pela modernização e atualização das práticas, bem como, da divulgação de tão bela Doutrina Filosófica pelos continentes, através dos melhores métodos que se nos apresentam, atualmente!

AO LEITOR

Após os meses de estudo, de todas as obras disponíveis na biblioteca virtual do Racionalismo Cristão, através da página www.racionalismocristao.org da Internet além de obras antigas publicadas, não mais editadas, emprestadas da biblioteca da Filial-Berço do Racionalismo Cristão de Santos-SP, surgiu o primeiro trabalho do autor, intitulado “Uma Leitura no Século 21 Sobre o Racionalismo Cristão”, uma espécie de resumo de tudo o que pôde ler até então, com o incremento de sugestões para a vida cotidiana, advindos da Escola Psicológica Transpessoal, e da neurolinguística.

AGRADECIMENTOS

Aos militantes José Carlos Ferro e Marialva T. de Campos
da Filial Santana - SP, Cleusa Castelão e também,
a amiga Jane Ota, cujas opiniões preciosas,
colaboraram para o bom termo deste trabalho.

INTRODUÇÃO

100 anos do Racionalismo Cristão, fragmentos de uma bela história no Brasil


Os mais de dois milhões de anos registrados pelo homem primitivo, considerado ainda do gênero Homo, até dez mil anos atrás, o humano ser viveu praticamente da mesma forma.

Durante todo este tempo, colheu e caçou. Mudava de terreno sempre que os alimentos faltavam ou quando o clima tornava-se demasiado rude para ele e os 
animais que comumente caçava. Não roubava, pilhava ou fazia guerras, pois a terra era muito vasta, as tribos podiam deslocar-se livremente sem interferir noutros territórios.

LUIS DE MATTOS, O CODIFICADOR DO RACIONALISMO CRISTÃO

Por Antonio Cottas, o surgimento do Racionalismo Cristão, confunde-se com a história de seu codificador, Luiz de Mattos. Resumidamente, assim aconteceu!

Nasce Luiz José de Mattos Chaves Lavrador, na Vila de Chaves, Província de Trás-os-Montes, Portugal, em 5 de janeiro de 1860; filho de José Lavrador, espanhol e de D. Casemira Julia de Mattos Chaves.

Aos 13 anos, em 1873, veio para o Brasil, desembarcando no Rio de Janeiro, onde o esperava o seu tio Victorino de Mattos Lavrador, negociante em Santos, que o internou no Colégio São Luiz, em Botafogo, para seguir os estudos.

O desejo de Luiz de Mattos era de vir para Santos-SP para ficar na companhia dos seus tios Victorino e João de Mattos Chaves.

LUIZ ALVES THOMAZ, VIABILIZADOR ECONÔMICO DO RACIONALISMO CRISTÃO

Luiz Alves Thomaz, foi uma figura não menos importante que o codificador Luiz de Mattos. Considerado viabilizador econômico desta doutrina.

Luiz de Mattos talvez não pudesse ter levado a efeito a implantação do Racionalismo Cristão, sem a preciosa ajuda do seu intemerato amigo e companheiro de lutas, Luiz Alves Thomaz.

Enquanto o primeiro codificava e burilava a parte cultural e teórica da Doutrina, facilitando a sua compreensão e aplicação na vida, o segundo desenvolvia uma eficiente ação prática, solidificando as bases materiais para garantir a independência da Doutrina.

PADRE ANTONIO VIEIRA, O PRECURSOR DO RACIONALISMO CRISTÃO NO ASTRAL SUPERIOR

Dentre milhares de milhões de partículas agregadas ao Grande Foco – Inteligência Universal – destacamos os seguintes Espíritos Superiores: João de Deus, Camillo Castelo Branco, Luiz de Camões, Padre Antonio Vieira, Dr. Custódio Duarte (médico de grande nome em Cabo Verde) e Dr. Pinheiro Guedes. Esses Espíritos de Luz, aparecem envolvendo com seus corpos astrais, Luiz de Mattos, na 1ª. Gravura do livro “A Vida Fora da matéria”.

Foram esses Espíritos de Luz, encabeçados pelo Padre Antonio Vieira, os principais divulgadores da Verdade prometida por Jesus. Portanto, astralmente, foram eles os fundadores do espiritismo Racional e Científico Cristão e os primeiros explanadores da Doutrina da Verdade, que se serviram dos seres encarnados, desenvolvendo-lhes as faculdades mediúnicas, para deles se utilizarem, trazendo a Terra os princípios básicos da Doutrina desse grande lutador e mestre Jesus, o Cristo.

ANTONIO DO NASCIMENTO COTTAS, O CONSOLIDADOR DO RACIONALISMO CRISTÃO

Em meio às montanhas, mais precisamente na cordilheira de Barroso, na Aldeia de Sirvuzelo, Freguesia de Outeiro, Conselho de Montalegre, em Portugal, nascia em 19 de novembro de 1892 o menino Antonio, filho do brioso e honrado Cabo da Guarda Fiscal Sr. Miguel Cottas e da Sra. Maria da Conceição Cottas.

O menino Antonio, desde cedo se destacou pelo seu comportamento e sagacidade no meio dos outros de sua idade.

Com a transferência do pai para Soutelinho da Raia, foram residir em Ardãos, terra natal do Sr. Miguel Cottas.

O menino Antonio iniciou os estudos primários, despertando já a atenção do velho professor da Aldeia, em função do talento e aproveitamento nos estudos. Era comum o primeiro lugar com distinção nos exames a que se submetia.

SOBRE O CENTRO AMOR E CARIDADE DE SANTOS, SP

Corria no ano de 1910. Luiz de Mattos com 50 anos e Luiz Alves Thomaz com 39. Ambos Ricos. Esse dois espíritos evoluidíssimos iniciaram neste ano de 1910, a grandiosa missão de que estavam incumbidos: A divulgação da Vida Fora da Matéria, isto é, do Espiritismo Racional e Científico Cristão, que Jesus, o Cristo, praticara e procurara difundir e que durante séculos ficara hibernado, por falta de condições para ser divulgado.

Quem despertou esse espiritismo, feito pelos espíritos Superiores, foi o Padre Vieira, o qual como Presidente Astral desse novo movimento, punha o homem encarnado, pela primeira vez, em contato com entidades evoluidíssimas, num pequeno centro de pessoas pobres e humildes.

INAUGURAÇÃO FILIAL SANTOS – CASA BERÇO – PRIMEIRA SESSÃO CÍVICA

Marcado o dia para a inauguração do edifício em 21 de junho de 1912, foram distribuídos convites a todas as autoridades civis locais, assim como a todas as associações desta cidade e congêneres do país, tendo algumas mandado representantes e escusando-se outras, alegando vários motivos.

O ato da inauguração foi imponente tornando-se notável o feérico aspecto que oferecia o edifício, com o seu grande número de janelas, pelas quais jorrava luz em profusão. O ato foi extraordinariamente concorrido, ficando o salão das sessões repleto. O Edifício até a hora em que começou a sessão, esteve franqueado ao público, que admirou as magníficas instalações, atendendo ao conforto e higiene de que eram dotadas.

O CENTRO REDENTOR DO RIO DE JANEIRO

Depois de haver, por intermédio do Astral Superior, organizado em Santos-SP, em janeiro de 1910 e desenvolvido grandemente o Centro Espírita Amor e Caridade, o primeiro que organizou as suas sessões obedecendo aos ditames estabelecidos para obtenção e manutenção da corrente fluídica necessária, composta de pessoas escolhidas mediunicamente por uma das entidades puras; após tal organização, disciplina e métodos resultaram fatos positivos significativos, provados tanto em Santos como em outros estados e mesmo no arquipélago de Cabo Verde.

Da correta forma de se trabalhar, deram-se curas de diversas enfermidades, especialmente a de loucos (obsedados), devidamente documentadas. Resolveu-se então, implantar também o Centro Redentor na então capital do país, Rio de Janeiro, em um sistema idêntico ao adotado pelo Centro Amor e Caridade de Santos-SP, para se provar as vantagens da Corrente Fluídica organizada dentro da disciplina e método indispensáveis a essas práticas e ao desenvolvimento seguro do Espiritismo Racional e Científico Cristão no Brasil, assim fornecendo mais exemplos precisos a todos.

O ESPIRITISMO RACIONAL E CIENTÍFICO CRISTÃO EM FRANCA EXPANSÃO

Em 1913, os Centros Espíritas pertencentes ao Racionalismo Cristão, eram filiados aos Centros Redentor do Rio de Janeiro e ao Centro Espírita Amor e Caridade de Santos, Portanto, haviam duas Casas que podiam instruir os Filiados; condição está demonstrada no livro: “O Espiritismo Cristão no Brasil – O Centro Espírita Redentor, Sua Fundação, Sua Vida e Suas obras – Rio de Janeiro – 1912 e 1913”, página 63, sob o titulo: “TRIBUNA ESPÍRITA”.

No referido texto, Luiz de Mattos escreveu na antepenúltima linha: “O Espiritismo Cristão que se pratica publicamente nos Centros: Amor e Caridade, Redentor e seus Filiados.”

O SURGIMENTO DO JORNAL A RAZÃO - 100 ANOS

Jornal A Razão
100 ANOS
Neste ano de 1916, por ordem do guia do Centro Espírita Redentor do Rio de Janeiro, Padre Fonseca, foi fundado por Luiz de Mattos o jornal A Razão, cujo primeiro número circulou em 19 de dezembro de 1916.

Neste jornal, Luiz Thomaz aplicou algumas centenas de contos de réis, certo de que saberiam administrá-lo a contento.

Luiz de Mattos, através do seu artigo “Nota”, que saía sempre na mesma página e lugar, fazia doutrinações diárias a governos, a ciência, ao clero, aos sectaristas, as forças armadas, aos civis, desde o industrial ao operário, do lavrador ao vendedor e ao consumidor. O jornal A Razão sempre esclareceu e procurou dar rumos às massas, procurando a regeneração moral da humanidade.

A HISTÓRIA CONTINUA NO BRASIL

Em 1916 também, Luiz de Mattos coloca graciosamente as colunas do seu jornal para o seu contendor doutrinário, Dr. Álvaro Reis, Chefe do Protestantismo no Brasil, para que este pudesse defender o seu ponto de vista.

Dr. Álvaro Reis, teve a sua disposição A Razão, para manter a polêmica com Luiz de Mattos sobre o Protestantismo e o Racionalismo Cristão, durante vários meses. Embora ambos mantivessem acaloradas discussões através da coluna NOTA, mantinham boas relações sociais e abraçavam-se lealmente. Destes artigos, publicou-se posteriormente a obra intitulada Cartas ao Chefe do Protestantismo no Brasil.

VULTOS QUE DEIXARAM BELAS OBRAS E MUITAS SAUDADES

Desencarnou a 23 de Novembro de 1925, às 22 horas, Maria Tho¬mazia Machado Antas, que na intimidade apertas assinava Maria Thomazia.

Nasceu em Portugal, na cidade de Bragança, Província de Trás-os-Montes, em 12 de Outubro de 1861.

Companheira inseparável de Luiz de Mattos, na Doutrina foi um dos médiuns desenvolvidos no Racionalismo Cristão.

Apesar de ter sido educada em Portugal, em colégio de religiosas e ter o espírito repleto de santidades, estando mesmo quase a professar para freira, não lhe foi difícil desvencilhar-se do condicionamento místico         católico e estudar a Verdadeira Doutrina de Cristo e a ela entregando-se de corpo e alma.

Foi à única médium que entrou para a Doutrina muito moça e nela desencarnou, com 64 anos de idade, cumprindo o seu dever.

SOBRE O AUTOR

Flavio Faria, nascido em Santos-SP, é o segundo de três filhos do casal Fernando Faria e Sonia Paronetto Faria.

Sua formação acadêmica iniciou-se na “Escolinha da Tia Augusta” com aproximadamente cinco anos de idade. Posteriormente, no “Parque Municipal Martin Afonso”, onde ele e seus vizinhos, todos na mesma faixa-etária não se adaptaram, principalmente pelos lanches de qualidade duvidosa aos quais eram obrigados a fazer.

Aos sete anos, é matriculado no Colégio Marista de Santos, onde permanece até o terceiro ano colegial.

Submete-se em 1979, ao processo seletivo para o Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva (NPOR) da Infantaria do Exército, onde se escolhem trinta dentre mais de dois mil candidatos.

Forma-se Aspirante a Oficial de Infantaria do Exército Brasileiro; submete-se ao estágio probatório e é promovido a 2º Tenente da Reserva em 26 de dezembro

QUEM SOU?

Sou filho de Fernando Faria e Sônia Faria; casado com 4  filhos; Psicólogo Clínico; Especialista em Terapia Regressiva; Professor Universitário nos cursos de Pós-Graduação em Psicopedagogia Institucional e Clínica; Palestrante motivador em vários cursos universitários com o tema “A Psicologia, a Espiritualidade e a Família”.

Fui militante Racionalista Cristão na Filial Santos, onde exerci a função de Diretor Bibliotecário de 2008 a 2010, assim estive em contato com o acervo cultural e histórico da Doutrina Racionalista Cristã, que me proporcionou escrever vários livros entre eles:

• Uma Leitura no século 21 sobre o Racionalismo Cristão;
• Ao Sucesso, seguindo os princípios do Racionalismo Cristão;
• Compreenda os Princípios codificados por Luiz de Mattos;
• Filhos; Um Projeto de Educação Racional para Crianças e Adolescentes;
• Preocupações, Entenda e Aprenda a Evitá-las através dos Procedimentos Racionalistas Cristãos e,


O livro 100 Anos do Racionalismo Cristão, Fragmentos de uma Bela História no Brasil, que ora o disponibilizo através desta janela virtual a todos.

BIBLIOGRAFIA

- ADORÁVEL JUBILEU, Comemoração dos 25 anos da posse do Dr. Humberto machado Rodrigues na Presidência do Racionalismo Cristão, RJ, 2008.

- ASSIM SURGIU O RACIONALISMO CRISTÃO, Antonio do nascimento Cottas, RJ, edição Internet.

- ESPIRITISMO RACIONAL E SCIENTÍFICO, Conferências sobre Ciência e Religião, Luiz de Mattos, RJ, 1ª edição, 1917.